top of page

Energia solar em comunidade indígena na Amazônia

Atualizado: 12 de jul. de 2023

Em uma importante ação de preservação ambiental e eficiência energética, o CMA (Comando Militar da Amazônia) está promovendo a instalação de uma planta fotovoltaica na região da Cabeça do Cachorro, no município de São Gabriel da Cachoeira-AM. O projeto tem como objetivo fornecer energia limpa, sustentável e de baixo impacto ambiental para a comunidade indígena Baniwa, que está localizada nas proximidades da fronteira entre Brasil e Colômbia.

A iniciativa é fruto de uma parceria junto ao Parque Tecnológico de Itaipu (PTI), uma instituição financiada pela usina elétrica de Itaipu, reconhecida por suas pesquisas e projetos inovadores. Os equipamentos para a instalação da planta foram comprados por empresas parceiras e adaptados no PTI para atender às necessidades da região amazônica, que já estão a caminho de São Gabriel da Cachoeira. O transporte foi iniciado em Foz do Iguaçu e deve seguir até Manaus, de onde serão transportados até a comunidade Baniwa. A previsão é que o projeto esteja em pleno funcionamento até o final de julho, garantindo energia elétrica constante para a comunidade, inclusive durante a noite.








Comments


bottom of page